Dikar, em São Bernardo do Campo, é a primeira oficina a obter o certificado AutoRetorno 

09 04 2021 Serviços

Dikar, em São Bernardo do Campo, é a primeira oficina a obter o certificado AutoRetorno 

  • Ao adotar protocolos de segurança e prevenção à contaminação, a oficina evitou o contágio de pessoas pela covid-19;
  • Mobilização na empresa começou antes mesmo do anúncio de quarentena pelo governo do Estado;
  • Clientes respondem questionário que ajuda a rastrear origem em caso de contágio de colaborador

São Paulo, setembro de 2020 –A oficina Dikar, em São Bernardo do Campo (SP), foi a primeira a obter o certificado AutoRetorno, do IQA – Instituto da Qualidade Automotiva, que já certificou outras três organizações do aftermarket automotivo, além de outros 3 fabricantes de autopeças, em apenas 2 meses do programa.

Mesmo antes de a quarentena ser decretada no Estado de São Paulo, a Dikar adotou protocolos de segurança e prevenção à contaminação de colaboradores e clientes. Como resultado, não teve nenhum caso ou afastamento na empresa durante este período.

“Trata-se de uma empresa exemplar, que segue todos os conceitos da qualidade, saúde e segurança que o IQA avalia”, afirma Sergio Ricardo Fabiano, gerente de Serviços do IQA, ao lembrar que a Dikar é certificada pelo IQA no escopo Funilaria e Pintura há mais de três anos.

Desde que foi lançado, em julho deste ano, o programa AutoRetorno do IQA já certificou seis empresas, e conta com mais uma em processo de certificação. “Com apenas dois meses de lançamento, a Certificação AutoRetorno é um sucesso, e mostra que o IQA está 100% alinhado às necessidades das organizações do setor automotivo no combate e prevenção à covid-19”, afirma Alexandre Xavier, superintendente do IQA.

Cultura 
Conquistar o certificado AutoRetorno não foi difícil para Dikar. Há anos a empresa tem como cultura o aperfeiçoamento pessoal e profissional dos colaboradores. “Temos como premissa o bem estar humano, da equipe e clientes”, afirma Sandra Rangel, diretora de RH da Dikar. “Trabalhando o ser humano, nossa equipe transfere isso aos nossos clientes”, revela Sandra.

Assim, a Dikar não teve problemas para adotar protocolos de saúde e segurança diante da pandemia da covid-19. Segundo Sandra, dias antes da quarentena a empresa foi mobilizada e sensibilizada para o que viria acontecer. “Nosso diretor-geral, Ricardo Nogueira, reuniu toda a equipe para conscientizá-los sobre os riscos e a necessidade de mudanças de hábitos, o que foi prontamente adotado por todos”, diz Sandra.

Soluções 
No dia 16 de março, todos os colaboradores receberam um kit higienização com máscara descartável e álcool 70° gel, e orientações de distanciamento e forma correta de lavar as mãos. A oficina instalou um totem com álcool gel, sinalização para uso obrigatório de máscara, distanciamento, e contratou mais um colaborador para reforçar a limpeza da oficina, que a cada 15 dias passa por um processo de descontaminação completa.

Sandra explica ainda que os veículos e os clientes também recebem cuidados especiais. “Os carros passam por protocolo de higienização, com pulverização de solução biológica no estofamento, volante, maçanetas e alavancas de câmbio e freio de mão, e depois, aplicação de filme plástico. Antes da entrega, pulverizamos novamente o carro com a solução biológica”, comenta Sandra. “Já os clientes são recebidos com medição de temperatura e álcool gel para higienizar as mãos, e se não estiverem de máscara, recebem uma descartável”.

Toda a empresa é higienizada com solução biológica a cada 15 dias e cada setor conta com álcool em gel. “Já disseram que a oficina está mais limpa do que os hospitais”, comenta Sandra. A diretora de RH conta ainda que foi feita tabela de revezamento no refeitório, para café da manhã e almoço. “Nossos colaboradores se conscientizaram e alguns fazem as refeições até mesmo fora do refeitório, tudo para manter o distanciamento”, explica Sandra.

Rastreabilidade 
Com 27 colaboradores, sendo 14 reparadores e 13 administradores, a Dikar não anotou afastamentos até o momento, e ainda realiza um questionário com os clientes para saber se já tiveram contato com a covid-19. “Aplicamos algumas perguntas simples que podem nos ajudar a rastrear a origem de todos que entram aqui e, caso alguém apresente sintomas da doença, podemos avisar os clientes que tiveram contato com nosso colaborador”, explica Sandra.

O AutoRetorno atua na verificação dos riscos para a saúde e segurança de colaboradores e clientes das empresas participantes do programa. Para isso, o IQA firmou parceria com a área de Consultoria em Saúde do Sírio-Libanês, que desenvolve projetos em saúde para organizações públicas e privadas, cumprindo o propósito fundamental da instituição que é Conviver e Compartilhar. Com a certificação e treinamentos do AutoRetorno as empresas podem garantir segurança para todos que frequentam o ambiente durante a pandemia.

Saiba mais sobre o programa em:http://www.iqa.org.br/certificacao-auto-retorno.

1
Escrito por
Imprensa IQA